Weby shortcut
Link Facebook
Link Twitter
Youtube

Suspeito de matar médico em Goiânia é preso na Bahia

Suspeito de matar médico em Goiânia é preso na Bahia

José Antônio da Silva Martins confessa assassinato e afirma que discussão o motivou. Objetos relacionados ao crime são encontrados em casa de amigo

04/12/2009 Ivair Lima

 

José Antônio da Silva Martins, 26, suspeito de matar o médico, escritor e diretor teatral Carlos Fernando Filgueira de Magalhães, foi preso e apresentado ontem pela Delegacia de Homicídios. José Antônio recebeu voz de prisão em Seabra, na Bahia, cidade distante 1.250 quilômetros de Goiânia.

Carlos Fernando, que tinha 69 anos, foi morto a facadas no apartamento onde morava, na Rua 3, Centro de Goiânia, no dia 3 de novembro. A polícia centrou as investigações nos moradores e ex-moradores do prédio. “Descobrimos que José Antônio viajou para a Bahia. Ele foi monitorado. Na casa de um amigo seu, em Goiânia, foram encontrados objetos relacionados ao crime. Diante das provas, ele confessou tranquilamente”, informou o delegado titular da Homicídios, Jorge Moreira.

José Antônio disse que agiu sozinho. “Foi só eu”, sintetizou. Afirmou que o crime foi motivado por uma discussão que teve com Carlos Fernando. “Eu queria ir para Brasília e ele tentou impedir. Ele tinha me prometido umas coisas e não cumpriu. Aconteceu por causa da discussão”. O acusado esclareceu que a “coisa” prometida por Carlos Fernando era dinheiro, mas não especificou a quantia. José Antônio admitiu que levou objetos da casa de Carlos Fernando, onde tinha acesso livre.

O suspeito contou que tinha um relacionamento de quatro anos com a vítima e que bebeu licor de laranja e uísque no dia do crime. Ele estava em casa de parentes em Seabra e trabalhou como garçom e auxiliar na venda de veículos.

 

Vítima

Carlos Fernando Magalhães nasceu em Paratinga (BA) e se formou em Medicina pela Universidade Federal de Goiás (UFG). Se dedicou ao exercício da Medicina e ao ensino superior, na UFG. Foi destacado agente cultural, como prosador, poeta, crítico de artes e literatura e competente diretor teatral.

Carlos Fernando publicou, entre outras obras, Perau, livro de poesia, o romance Via Viagem, e o volume de contos Daniel. Para o teatro, escreveu O Jogo dos Reis.